Conheça o trabalho da Pastoral Carcerária da Arquidiocese da Paraíba


 03/05/2019 - Atuação em todos os presídios da Capital e cidades vizinhas

A Pastoral Carcerária no Brasil é uma pastoral social ligada à CNBB, que atua junto às pessoas que estão privadas de liberdade e suas famílias. Na pauta da Pastoral Carcerária Nacional existem várias diretrizes que procuram dialogar com a realidade carcerária do país, propondo, promovendo e realizando iniciativas junto a ongs e movimentos, concretizando ações que lutem pela dignidade e direitos fundamentais dos presidiários e presidiárias brasileiras.

São características da Pastoral Carcerária Brasileira: Estar junto das pessoas privadas de liberdade; Buscar a libertação integral, enfrentando as urgências que decorrem da violência e da miséria do sistema prisional, pois as pessoas presas são sujeitos da evangelização e da promoção humana integral; Lutar para cancelar toda legislação e normas contrárias à dignidade e aos direitos fundamentais às pessoas privadas de liberdade; Respeito a dignidade da pessoa humana, acolhendo e perdoando, assim como, denunciando os desrespeitos à dignidade humana, e considerando as condições materiais, históricas, sociais e culturais em que cada pessoa vive. 

 A Pastoral Carcerária da Arquidiocese da Paraíba tem sua atuação em todos os presídios de João Pessoa e em outras cidades próximas a Capital. Sob a coordenação do Padre Valdézio Nascimento, da Paróquia de Nossa Senhora da Assunção (Cabedelo), tem o trabalho voltado para as visitas evangelizadoras, além das assessorias jurídicas e parcerias com a Defensoria Pública de João Pessoa e o curso de Direito do Centro Universitário de João Pessoa, o Unipê. Essas parcerias visam garantir os direitos dos presidiários e presidiárias que já cumpriram pena e procuram a ressocialização.  

Também junto a Ongs e a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), a Pastoral procura auxiliar em projetos que buscam através da educação, a reabilitação e o resgate da dignidade das pessoas em situação de cárcere, como por exemplo o “Projeto Ler para Crer” que traz a literatura para as mulheres do Presídio Júlia Maranhão.

 

Os agentes de pastoral reúnem-se uma vez ao mês para planejar atuações, iniciativas e projetos que são desenvolvidos nos presídios. O Padre Valdézio diz que os encontros são uma forma de partilhar as experiências e buscar sempre soluções que melhorem o trabalho da pastoral, “Nos encontramos mensalmente para partilhar a missão, para dialogarmos sobre nossa formação e para planejarmos nossas ações, tudo isso para levar esperança e amor aos que tem sua liberdade privada”, afirmou o Padre. 

  

*Com informações e fotos da Pastoral Carcerária da Arquidiocese da Paraíba


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Arquidiocese da Paraíba

Contatos

  •  Endereço: Palácio do Carmo - Praça Dom Adauto, s/n
    Centro - João Pessoa (PB)
  •  Fone:(83) 3133-1000
  •  E-mail: curia@arquidiocesepb.org.br

Mídias Sociais

Facebook Instagram

© Mitra Arquidiocesana da Paraíba – Todos os direitos reservados